Apesar de mudanças, senadora diz que consumidor poderá questionar multa do distrato na Justiça

Depois de aprovarem o projeto original da Câmara dos Deputados, os senadores votaram mudanças à nova lei do distrato, que define regras para quem desistir de imóvel comprado na planta. Contrária à versão votada, a senadora Simone Tebet, do MDB de Mato Grosso do Sul, apresentou diversas emendas para minimizar as perdas para os consumidores. O relator das emendas, senador Armando Monteiro, do PTB de Pernambuco, afirmou que o projeto está equilibrado por proteger as duas partes envolvidas. Os detalhes com a repórter Hérica Christian