Simone Tebet, líder do MDB no Senado, defende prioridade para a pauta econômica no Congresso em 2019

A líder da maior bancada do Senado, senadora Simone Tebet defendeu que a economia deve ser a pauta prioritária de 2019. “É preciso discutir e aprovar a reforma da previdência para resolver a questão deficitária, preservando a população de mais baixa renda e atacando os privilégios. É preciso reservar tempo e energia para essa pauta. Claro, sem esquecer da segurança pública”, sugeriu.

A senadora sul-mato-grossense acredita que temas mais polêmicos como a redução da maioridade, a alteração no estatuto do desarmamento, ou a escola sem partido, por exemplo, precisam de ampla negociação no Congresso. “Essa pauta não poderá andar antes do seu tempo. É preciso dialogar com a sociedade por meio de audiências pública e avançar com relação a elas ou arquivá-las se se entender que não é do interesse da maior parte da população”, afirmou.

Simone ainda acredita que o MDB deve ser independente, “mas não para fazer toma lá dá cá ou exigir cargos em ministérios”. Simone acredita que o partido precisa ajudar o governo a acertar. Em temas controversos, ela defende a negociação e o amplo debate com a sociedade civil para que se chegue a consensos de acordo com o desejo da população. “O papel do MDB sempre foi esse. É hora de trilhar novamente o trajeto do interesse público”.

 

Assessoria de imprensa