“Brasil não precisa ter medo”, diz Simone Tebet, no Pará | Simone Tebet
Simone Tebet Simone Tebet

A nova esperança
do Brasil

“Brasil não precisa ter medo”, diz Simone Tebet, no Pará

A senadora Simone Tebet, pré-candidata à Presidência da República pelo MDB, disse, hoje, sábado (19/03), no Pará, que o “Brasil não precisa ter medo”. Isso apesar de todas as dificuldades pelas quais passa o país. A afirmação foi feita na inauguração de uma unidade do projeto Usina da Paz, em Marituba, na região metropolitana de Belém (PA). Participaram do evento, o governador do Pará, Helder Barbalho, a primeira-dama do estado, Daniela Barbalho, o senador e ex-governador paraense Jader Barbalho, a deputada federal Elcione Barbalho (MDB-PA) e a prefeita de Marituba, Patrícia Mendes.

Simone visitou o Pará em mais uma etapa da “Caminhada da Esperança”, uma série de visitas a diversas regiões do Brasil, nas quais a senadora conhece projetos que podem ser multiplicados pelo país. “Estarei no Senado Federal na semana que vem e quero dizer que o Brasil não precisa ter medo”, afirmou. “Apesar do momento tão difícil pelo qual o país passa, em que perdemos tantos entes queridos, quando infelizmente a inflação bate à nossa porta, em um período de tanta miséria, desigualdade e desemprego, há luz no fim do túnel, há homens e mulheres públicas que fazem a diferença para sua gente.”

No evento, que contou com a presença de cerca de 1,4 mil pessoas, a senadora emedebista conheceu detalhes do projeto. A “Usina da Paz” é parte do programa Territórios Pela Paz (TerPaz), criado pelo governo do Pará em parceria com a iniciativa privada. Nesses locais, são oferecidos mais de 80 serviços gratuitos por órgãos do estado e entidades parceiras. A estrutura permite o desenvolvimento de atividades esportivas e conta com salas de audiovisual e inclusão digital, atendimento médico e odontológico, consultoria jurídica, emissão de documentos, ações de segurança, capacitação técnica e profissionalizante, espaço multiuso para feiras, eventos e encontros da comunidade.

Há ainda áreas destinadas a cursos de dança, teatro, robótica, artes marciais, musicalização e biblioteca. “Minha sugestão é que, pela forma como esse projeto acolhe e protege, ele deveria ser chamado também de ‘coração de mãe’”, disse Simone, ressaltando outro aspecto importante da iniciativa: “Onde o Estado está, onde ele entra, não há espaço para a violência e para a marginalidade. Ele empurra tudo isso para fora, para outro lugar.”

O governador Helder Barbalho acrescentou que o projeto “Usinas da Paz” deve ser levado a debate nacional como um modelo para outras regiões. Isso até por conta da amplitude dos resultados que esse tipo de iniciativa oferece. “O que fazemos aqui também reduz a criminalidade e não apenas com a presença da polícia”, disse. “Mas dando solução para as causas que levam a esses problemas.”

+ Notícias

Cidades gaúchas já estão recebendo recursos emergenciais, diz Tebet

Cidades gaúchas já estão recebendo recursos emergenciais, diz Tebet

Ministra do Planejamento e Orçamento detalhou medidas do governo federal de apoio ao Rio Grande do Sul em entrevista; acesso à ajuda ocorre de maneira…

leia mais
Ministério do Planejamento e Orçamento discute projeto Rotas de Integração Sul-americana com entidades sindicais em São Paulo

Ministério do Planejamento e Orçamento discute projeto Rotas de Integração Sul-americana com entidades sindicais em São Paulo

Iniciativa foi apresentado pela ministra Simone Tebet e pelo secretário de articulação institucional, João Villaverde, em evento com representantes da Força Sindical e de setores…

leia mais
MS recebe mais de US$ 21,2 milhões do Focem para projetos de infraestrutura urbana e saneamento básico

MS recebe mais de US$ 21,2 milhões do Focem para projetos de infraestrutura urbana e saneamento básico

Projetos de infraestrutura urbana e saneamento básico de três municípios de Mato Grosso do Sul foram aprovados pela Cofiex (Comissão de Financiamentos Externos), presidida pelo…

leia mais
Simone Tebet

Quem é Simone Tebet