Brasil precisa chegar ao Oceano Pacífico de forma mais rápida e barata

A senadora Simone Tebet comentou a importância da rota de integração Latino Americana, que vai interligar o Brasil à China pelo Oceano Pacífico, durante a reunião da Comissão de Assuntos Econômicos, nesta terça-feira (5).

A senadora aproveitou o debate a respeito de duas proposições sobre a concessão de incentivos a projetos que favoreçam a integração regional da América do Sul, para falar da expedição de empresários e políticos pela rota na semana passada. Eles percorreram mais de dois mil quilômetros entre Brasil, Paraguai, Argentina e Chile. A rota vai reduzir em 8 mil quilômetros o acesso à Ásia.

“O Brasil precisa chegar ao Oceano Pacífico de forma mais rápida e barata. A rota reduz a viagem em uma semana. Nosso preço será mais competitivo. Além disso, haverá a integração cultural entre os povos”, disse.

Ponte
A senadora disse que provavelmente será necessário o apoio da Comissão de Assuntos Econômicos para aprovar um empréstimo para que o Brasil construa um trecho da ponte de concreto sobre o Rio Paraguai, que vai passar entre Porto Murtinho (MS) a Carmelo Peralta (Paraguai). A ponte é necessária para a rota.

Assessoria de imprensa