Em reunião com Riedel e Simone, Petrobras sinaliza conclusão da fábrica de fertilizante de Três Lagoas | Simone Tebet
Simone Tebet Simone Tebet

A nova esperança
do Brasil

Em reunião com Riedel e Simone, Petrobras sinaliza conclusão da fábrica de fertilizante de Três Lagoas

O presidente da Petrobras, Jean Paul Prates, sinalizou ao governador Eduardo Riedel e à ministra Simone Tebet (Planejamento e Orçamento) a retomada de estudos e possíveis investimentos em fertilizantes e o interesse em ver de perto a situação da UFN3 (Unidade de Fertilizantes Nitrogenados III), em Três Lagoas. Na prática, isso reacende a expectativa de conclusão da obra, paralisada em 2019. O encontro foi realizado nesta quarta-feira (14) no gabinete da ministra, em Brasília.

“Foi uma reunião extremamente positiva em que trouxemos a discussão da UFN3, que é uma expectativa, uma ansiedade de todo Mato Grosso do Sul. Foi uma reunião muito boa porque eles retomaram a agenda de fertilizantes e gás dentro da companhia, dentro da Petrobras, e sinalizaram uma discussão para que a gente possa nos próximos anos concluir esse que é um dos maiores ativos que nós construímos ao longo do tempo”, afirmou o governador Eduardo Riedel.

A boa notícia veio na véspera do aniversário de 108 anos de Três Lagoas.

“É uma boa notícia à véspera do aniversário de Três Lagoas. Desde 2019 a Petrobras estava impedida de terminar a fábrica ou de investir em fertilizante e gás no Brasil. Agora, o presidente da Petrobras e a Petrobras acabaram de aprovar plano estratégico para 2024 até 2028 permitindo que eles voltem a estudar e fazer investimentos viáveis na exploração de gás e produção de fertilizantes. Então, a boa notícia é essa. Agora começa nesse segundo semestre os estudos e, a boa notícia final, o presidente da Petrobras quer conhecer Mato Grosso do Sul, a planta de Três Lagoas, visitar todo o Estado de Mato Grosso do Sul, para ver in loco a grandeza e a importância da fábrica de fertilizante para Mato Grosso do Sul”, acrescentou a ministra.

Histórico

A construção da UFN3 em Três Lagoas teve início em 2011 e foi paralisada em dezembro de 2014 com 81% de conclusão, após a Petrobras romper o contrato com o consórcio responsável pela obra. A estatal colocou a UFN3 à venda em setembro de 2017, alegando que não tinha mais interesse em seguir no segmento de fertilizantes.

No ano passado, uma empresa russa chegou a manifestar interesse na compra da fábrica. Negociações foram iniciadas, mas não concluídas porque o plano de negócios proposto pelo potencial comprador queria rebaixar a fábrica para uma indústria misturadora de fertilizantes.

A reunião de hoje no Ministério do Planejamento e Orçamento contou ainda com a participação dos secretários Jaime Verruck (Semadesc), Pedro Caravina (Segov) e Eduardo Rocha (Casa Civil).

Paulo Fernandes, Comunicação Governo de MS
Fotos: Guilherme Pimentel

+ Notícias

Fronteiras são sinônimo de solução, diz Tebet, em plenária sobre as rotas de integração

Fronteiras são sinônimo de solução, diz Tebet, em plenária sobre as rotas de integração

Em evento em Boa Vista, MPO debate projeto das rotas Sul-Americanas com autoridades e empresários de Roraima O Ministério do Planejamento e Orçamento deu sequência,…

leia mais
Ministério do Planejamento e Orçamento e Governo Francês assinam Memorando de Entendimento

Ministério do Planejamento e Orçamento e Governo Francês assinam Memorando de Entendimento

Assinatura do documento ocorreu nesta quinta (28/3), em Brasília, e prevê o desenvolvimento de atividades relacionadas aos temas de financiamento externo, gênero e sustentabilidade Durante…

leia mais
Ministros Simone Tebet e Waldez Goes visitam ponte binacional que ligará Brasil ao Paraguai

Ministros Simone Tebet e Waldez Goes visitam ponte binacional que ligará Brasil ao Paraguai

A ponte é obra fundamental da Rota Bioceânica, que integra o trecho 4 das Rotas de Integração Sul-Americana A equipe do Ministério do Planejamento e…

leia mais
Simone Tebet

Quem é Simone Tebet