Em São Luís, Simone Tebet fala sobre desenvolvimento regional e a participação das mulheres no processo eleitoral | Simone Tebet
Simone Tebet Simone Tebet

A nova esperança
do Brasil

Em São Luís, Simone Tebet fala sobre desenvolvimento regional e a participação das mulheres no processo eleitoral

Candidata também destacou a importância de acabar com o discurso de ódio e focar em projetos que atendam, principalmente, os mais vulneráveis

A candidata Simone Tebet participou na tarde desta quinta-feira (15/9) de mais uma etapa da Caminhada da Esperança no Nordeste. Simone percorreu a tradicional Rua Grande, localizada no centro histórico de São Luís (MA) e importante espaço comercial da capital maranhense. Já no aeroporto, a candidata
destacou que é preciso acabar com o discurso de ódio. “Só assim poderemos voltar a gerar emprego e renda para população. Maranhão é uma terra abençoada, uma terra que tem potencial. Falta vontade politica. Eu vim me apresentar e expor minhas propostas ao Maranhão”, afirmou.

Recepcionada calorosamente pela população maranhense, Simone percorreu o centro histórico acompanhada do presidente nacional do Cidadania, Roberto Freire; da senadora Eliziane Gama (Cidadania-MA) e atual líder da Bancada Feminina no Senado; do deputado estadual e vice-presidente do MDB do Maranhão, Roberto Costa; da presidente do MDB Mulher do Maranhão, Olga Simão; do secretário-geral do MDB-MA, José Tessio Rabelo; e do candidato a deputado estadual pelo MDB-MA, Eliel Gama; entre outros.

A candidata ressaltou o porquê de sua presença no Nordeste. “Estar no Nordeste para mim é muito significativo porque sou do interior do Brasil. Venho do Centro-Oeste e sei o quanto de dinheiro falta para essas regiões se desenvolverem. Sempre falamos do Nordeste sob o lado negativo, como por exemplo, o de apresentar os piores índices de desenvolvimento. Só que se esquece a riqueza que existe nesse solo. Só falta vontade política e fazer o dinheiro chegar sem corrupção. Se não houvesse corrupção e com essa tecnologia de ponta que nós temos, teríamos condições de produzir no agreste, no sertão, produzir o alimento que está faltando na mesa do trabalhador brasileiro”.

Desenvolvimento Regional e erradicação da fome

Questionada por jornalistas em coletiva de imprensa sobre suas propostas para o Nordeste, Simone Tebet explicou seu plano de desenvolvimento. “Nâo é só para o Nordeste. É para o Nordeste e também para as regiões Norte e Centro-Oeste, que precisam de mais atenção do governo federal. Temos um plano de desenvolvimento regionalizado. Vamos trabalhar pela equidade, sempre com foco em quem mais precisa, atuando intensamente nas áreas da Saúde, Educação e Segurança Pública. Também firmaremos parcerias com a iniciativa privada para rasgar com ferrovias e rodovias duplicadas estas três regiões do país. Desta forma podemos atrair e gerar emprego.”

O tema fome também esteve entre os questionamentos da imprensa, A candidata foi enfática ao afirmar que a única forma de acabar com a fome no Brasil é resolver o problema do desemprego, e isso passa pelo fim da polarização. “O Brasil precisa de paz e de união para voltar a crescer. Do contrário, essa eleição só vai terminar no segundo turno no 31 de dezembro de 2026. A economia não suporta isso. A nossa candidatura da frente democrática representa estabilidade, responsabilidade e segurança jurídica. Tudo o que o investidor estrangeiro e nacional precisam para liberar os recursos que eles têm para investir e, consequentemente, alavancar o setor de bens, de serviços e de comércio no Brasil”.

Sobre a participação de mulheres no processo eleitoral, Simone afirmou que sua candidatura não é só eleitoral. E, sim,uma candidatura política e de posicionamento, pois pela primeira vez, o maior partido de centro do Brasil, juntamente com um conjunto de partidos, aposta em uma chapa feminina. “Somos a maioria da população brasileira, mas somos minoria em absolutamente tudo. Somos maioria no banco da universidade, mas recebemos 20% menos que os homens. Se for uma mulher preta, recebemos 40% menos. Isso chama injustiça social.” Diante deste cenário, segundo Simone, é preciso defender as famílias, as mulheres, as crianças e os adolescentes. “E ter mulheres à frente desta jornada é um marco. É preciso valorizar isso. É muito bom por onde eu passo, por onde estamos passando, nós estamos deixando uma sementinha do bem”, finalizou.

Assessoria de Imprensa

+ Notícias

Em audiência na CMO, Simone Tebet debate LDO

Em audiência na CMO, Simone Tebet debate LDO

“Em 2025 estamos mirando a meta zero”, afirmou a ministra, lembrando que o governo age com responsabilidade fiscal e compromisso social A ministra do Planejamento…

leia mais
Ministra Simone Tebet apresenta Rotas de Integração na China

Ministra Simone Tebet apresenta Rotas de Integração na China

“Viemos aqui buscar parcerias com a iniciativa privada e com o governo chinês”, resumiu a ministra A ministra do Planejamento e Orçamento, Simone Tebet, o…

leia mais
Na Arábia Saudita, Tebet e Alckmin apresentam oportunidades na economia brasileira para investidores

Na Arábia Saudita, Tebet e Alckmin apresentam oportunidades na economia brasileira para investidores

Liderada pelo vice-presidente Geraldo Alckmin, delegação com ministros e empresários busca fortalecer as relações entre os países, atrair investimentos e abrir mercado para produtos brasileiros…

leia mais
Simone Tebet

Quem é Simone Tebet