Lutamos por uma geração melhor de brasileiros, diz Simone Tebet, na Unibes, em SP | Simone Tebet
Simone Tebet Simone Tebet

A nova esperança
do Brasil

Lutamos por uma geração melhor de brasileiros, diz Simone Tebet, na Unibes, em SP

Ao lado de Mara Gabrilli, candidata reforça compromisso da chapa com crianças e adolescentes

As candidatas Simone Tebet e Mara Gabrilli visitaram na manhã de hoje, segunda-feira (29/8), o centro para crianças e adolescentes da União Brasileiro-Israelita do Bem-Estar Social (Unibes), instituição criada em 1915, em São Paulo. Há mais de 100 anos, portanto, ela atende jovens, idosos e famílias que vivem em situação de vulnerabilidade social. No local, em entrevista a jornalistas, Simone destacou a importância que seu plano de governo dá ao tema da juventude como um todo – e o impacto que essa prioridade terá no médio prazo no país.

Ela observou que, eleita, criará a Secretaria Especial da Criança e Adolescência, vinculada à Presidência da República. “Ela vai ficar na minha mesa, eu serei a secretária”, disse. “E vou cobrar de todos os ministros como as iniciativas voltadas para os nossos jovens se encaixam nas ações de cada um dos Ministérios.” Simone ressaltou: “Para todas as políticas públicas, em áreas como saúde, educação, lazer, esportes e habitação, a primeira pergunta que vamos fazer é o que está sendo feito para a criança e adolescente. Com isso, daqui a dez anos, vamos ter outra geração de brasileiros, preparados, psicologicamente assistidos, sem insegurança alimentar. E a Mara vai focar nas pessoas com deficiência. É assim que se forma um país.”

O projeto de Simone e Mara estabelece ainda dois pontos focais na educação. O primeiro deles é o ensino infantil, com a criação de uma política nacional integrada para a primeira infância, o que inclui o apoio a municípios na ampliação da oferta de vagas em creches e na pré-escola. O segundo é a promoção da reforma do Ensino Médio, com a oferta de cursos profissionalizantes e a criação do “Poupança Jovem”. Por meio dessa iniciativa, o governo depositará todo ano uma quantia em uma conta de poupança dos estudantes de baixa renda. O valor poderá ser resgatado ao final do curso. “Essa é uma forma de estimular o jovem a concluir os estudos”, disse Simone. “E ele vai poder usar o dinheiro da forma que quiser.”

Simone considerou emblemática a visita à Unibes. Ela lembrou que, quando prefeita, criou um projeto similar, voltado para atividades no contraturno escolar de crianças e adolescentes. “Mas nunca tinha pensado em fazer algo que já fosse profissionalizante”, observou. “Agora, levo essa experiencia comigo. Nós queremos ver espaços como este em todas as capitais do país.” Para isso, pontuou a candidata, parcerias serão necessárias. “Precisamos parar de achar que o Terceiro Setor e a iniciativa privada são inimigos do país”, afirmou. “É o investimento público e privado, numa somatória de parcerias, que vai fazer a verdadeira transformação social no Brasil.”

A candidata emocionou-se ao final da visita, em uma conversa com jovens da instituição. “A gente até fica sem palavras com tudo isso”, disse. “O Brasil são vocês. A gente está aqui com a missão de transformar o país em um lugar melhor”. A seguir, observou: “Eu lembrei das minhas filhas quando vi as criancinhas da Unibes cantando. Faço política para isso: quero um futuro para vocês. Para que tenham dignidade de ter um emprego com salário decente, para que possam ser o que quiserem, que nossas jovens e nossas meninas não passem pelo que nós passamos”, acrescentou. “Eu e Mara temos um projeto de inclusão. É um Brasil para todos, ninguém vai ficar para trás. O filho do pobre tem de ter a mesma qualidade de ensino do filho do rico. O Brasil não é meu, não é dela. É de todos.”

Simone agradeceu a recepção e fez um pedido aos jovens: “Que vocês possam, quando formados, servir o outro, porque ninguém é feliz vendo a infelicidade alheia. Então, depois, retribuam um pouquinho do que aprenderam aqui. É assim que a gente constrói um país mais decente, uma humanidade mais feliz”, citou. “É por isso que eu e Mara dizemos: com coragem e com amor, vamos juntos reconstruir o Brasil.”

Assessoria de Imprensa

+ Notícias

Cidades gaúchas já estão recebendo recursos emergenciais, diz Tebet

Cidades gaúchas já estão recebendo recursos emergenciais, diz Tebet

Ministra do Planejamento e Orçamento detalhou medidas do governo federal de apoio ao Rio Grande do Sul em entrevista; acesso à ajuda ocorre de maneira…

leia mais
Ministério do Planejamento e Orçamento discute projeto Rotas de Integração Sul-americana com entidades sindicais em São Paulo

Ministério do Planejamento e Orçamento discute projeto Rotas de Integração Sul-americana com entidades sindicais em São Paulo

Iniciativa foi apresentado pela ministra Simone Tebet e pelo secretário de articulação institucional, João Villaverde, em evento com representantes da Força Sindical e de setores…

leia mais
MS recebe mais de US$ 21,2 milhões do Focem para projetos de infraestrutura urbana e saneamento básico

MS recebe mais de US$ 21,2 milhões do Focem para projetos de infraestrutura urbana e saneamento básico

Projetos de infraestrutura urbana e saneamento básico de três municípios de Mato Grosso do Sul foram aprovados pela Cofiex (Comissão de Financiamentos Externos), presidida pelo…

leia mais
Simone Tebet

Quem é Simone Tebet