Ministra convida secretários de planejamento de todo o país a se engajarem na formulação do PPA | Simone Tebet
Simone Tebet Simone Tebet

A nova esperança
do Brasil

Ministra convida secretários de planejamento de todo o país a se engajarem na formulação do PPA

“Cabe a nós fazer um PPA que deixe de ser uma letra morta para se transformar em uma lei viva”, disse Tebet na abertura do 85º Fórum Nacional de Secretários Estaduais do Planejamento

A ministra do Planejamento e Orçamento, Simone Tebet, convidou os secretários de planejamento dos 26 Estados e do Distrito Federal a se engajarem na formulação de um Plano Plurianual (PPA) que seja efetivo e que permita construir políticas públicas inclusivas e eficientes. “Cabe a nós dizer: agora é para valer. Cabe a nós fazer um PPA que deixe de ser uma letra morta para se transformar em uma lei viva”, defendeu Tebet, durante o primeiro dia do 85º Fórum Nacional de Secretários Estaduais do Planejamento, organizado pelo Conseplan, realizado nesta quinta-feira, 16 de março.

Tebet contou aos secretários que o governo federal vai fazer um PPA participativo e ponderou que quando um governo assume o compromisso de ouvir a todos para construir “o Brasil que queremos”, a responsabilidade de transformar as prioridades elegidas pela população em políticas públicas efetivas é muito maior. “Vamos ter que administrar esse sonho”, disse ela.

A ministra lembrou que recebeu do presidente Luiz Inácio Lula da Silva a determinação de colocar os pobres dentro do orçamento. “Mas também estamos falando de educação de qualidade, de SUS sem fila para exames, de moradia digna. Mas se não planejarmos, em quatro anos estaremos, de novo, falando da falta de creches para nossas crianças”, ponderou, argumentando que planejamento e orçamento precisam andar juntos, mas planejar vem primeiro.

Tebet ouviu vários depoimentos dos secretários. O Secretário de Planejamento da Paraíba, Gilmar Martins, contou que defendeu que seja criado um PPA realmente de longo prazo, que se estenda muito além de quatro anos. O Secretário de Planejamento do Mato Grosso, Basílio Bezerra Guimarães, defendeu que as políticas públicas precisam de foco para que realmente permitam a inclusão dos mais vulneráveis e que planejamento de longo prazo é fundamental para que isso se concretize.

Luísa Barreto, vice-presidente do Conseplan e Secretária de Minas Gerais, disse que quando o governo federal se distancia dos Estados e municípios, as dificuldades na implementação de políticas públicas aumentam e que a aproximação que se desenha, pela nova postura do Ministério do Planejamento, é um alento para a boa execução de políticas públicas. O presidente do Conseplan, Fabrício Marques, também secretário de Pernambuco, classificou como histórica a participação da ministra e da secretária nacional de Planejamento, Leany Lemos, no evento. “O Planejamento passou por um descaso nos últimos anos”, disse ele.

+ Notícias

Ministra Simone Tebet e ministro Franklin Ortiz, da Bolívia se reúnem em Brasília para discutir integração

Ministra Simone Tebet e ministro Franklin Ortiz, da Bolívia se reúnem em Brasília para discutir integração

Na pauta também o projeto que busca aumentar a produção de fertilizantes nos dois países A ministra do Planejamento e Orçamento, Simone Tebet, e o…

leia mais
Ministra Simone Tebet reúne-se com IBGE no Rio de Janeiro

Ministra Simone Tebet reúne-se com IBGE no Rio de Janeiro

A Ministra do Planejamento e Orçamento (MPO), Simone Tebet, reuniu-se nesta segunda-feira, 29, com a diretoria do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), na…

leia mais
Governador e ministra discutem avanços da concretização da Rota Bioceânica

Governador e ministra discutem avanços da concretização da Rota Bioceânica

O governador Eduardo Riedel recebeu a ministra Simone Tebet (Planejamento e Orçamento) para discutir os avanços da concretização da Rota Bioceânica, que tem seu início…

leia mais
Simone Tebet

Quem é Simone Tebet