“Não desistam do Brasil, não desistam de estar do lado certo da história” diz Simone Tebet | Simone Tebet
Simone Tebet Simone Tebet

A nova esperança
do Brasil

“Não desistam do Brasil, não desistam de estar do lado certo da história” diz Simone Tebet

A candidata Simone Tebet participou na manhã de hoje, sábado (27/8), do lançamento da candidatura do presidente nacional do MDB, Baleia Rossi, a deputado federal por São Paulo, e de Leó Oliveira (MDB), a deputado Estadual, em Ribeirão Preto, interior de São Paulo. “Não desistam do Brasil, não desistam de estar do lado certo da história”, disse Simone, no encontro, que contou ainda com a presença de Rodrigo Garcia (PSDB), candidato ao governo paulista, e Edson Aparecido (MDB), candidato ao Senado pela mesma chapa. “Nós estamos prontos a mudar o Brasil de verdade”, frisou a candidata ao Planalto. “Vamos reconstruir esse país com amor e com coragem. E aí vamos fazer a diferença.”

Simone brincou que, apesar da “carinha de novo” de Baleia Rossi, ambos são da mesma geração. A seguir, destacou: “No mesmo momento, estávamos do mesmo lado da história em pontos diferentes do Brasil. Na época de Ulysses Guimarães, lutávamos por democracia, por anistia, por uma constituição cidadã que garantisse o direito ao trabalho, a ter comida na mesa do povo, lazer no fim de semana e ter uma casa.”
A candidata da coligação “Brasil Pra Frente” (MDB, PSDB, Cidadania e Podemos) observou que, anos depois, ela e Baleia se encontraram no Congresso Nacional, quando o nome de ambos era cogitado para assumir a presidência do MDB. “Foi um encontro de almas gêmeas da política, que se identificam com a mesma fé em um Brasil decente, humano, mais plural e acolhedor, que ama a liberdade da democracia”, narrou. Na ocasião, Simone concluiu que Baleia era o nome ideal para concorrer pela liderança nacional do partido.

Para ela, Baleia Rossi foi responsável por reestruturar o MDB. “Ele teve a coragem de enfrentar meia dúzia que queria entregar o partido para um lado ou para o outro [Lula e Bolsonaro, no caso]”, disse. “Em vez disso, o MDB voltou a fazer história e pela primeira vez tem uma mulher candidata à Presidência do Brasil.”

Ela, porém, lamentou o fato de Baleia não ter sido eleito presidente da Câmara dos Deputados, quando disputou o cargo, no ano passado. “Se tivesse vencido, o ‘orçamento secreto’ não existiria. Não teríamos manchetes mostrando que, numa pequena cidade do Maranhão, com 35 mil habitantes, foram extraídos 14 dentes de cada boca de cada cidadão, a cidade mais banguela do país”, acrescentou, referindo-se a um dos supostos casos de desvio de dinheiro divulgados pela imprensa, a partir dos dutos do “orçamento secreto”. “Isso é corrupção, isso é que leva à falta de dinheiro para remédio no posto de saúde, vagas nas creches, casas populares, recursos para incentivar a indústria para gerar emprego para o nosso povo. Dinheiro que, hoje, está no bolso de algumas pessoas.”

O deputado federal Baleia Rossi, que é candidato à reeleição, salientou em seu discurso que Simone “é a pessoa certa para pacificar e unir o país”. Rodrigo Garcia, que concorre ao governo paulista, destacou a capacidade da candidata de buscar soluções e a relevância da parceria firmada com a senadora Mara Gabrilli, candidata à Vice-Presidência na chapa de Simone.

ENTREVISTA À IMPRENSA

“Ali, estava a alma de uma mulher e o coração de uma mãe.” Foi nesses termos que Simone Tebet avaliou, em entrevista coletiva em Ribeirão Preto (SP), sua participação no Jornal Nacional, na noite de ontem, sexta-feira (26/8).

Questionada sobre qual a primeira medida para erradicar a fome no país, indignada, ela destacou: “É tirar o atual presidente do poder, um homem insensível, que teve a capacidade de dizer que no Brasil não tem fome para valer. Eu aconselho o presidente a pegar seu avião, ir para Minas Gerais e conversar com um menino de 11 anos que ligou para 190, não para pedir ajuda para a força policial, mas porque estava há três dias sem comer.” A seguir, acrescentou: “A partir de 1º de janeiro nenhuma criança dorme com fome no Brasil”.

Sobre a igualdade de gênero, na mesma coletiva, destacou: “Já deixamos claro que o projeto primordial é o que se refere à igualdade de salários entre homens e mulheres que exercem a mesma função na inciativa privada”, disse. “Hoje, uma mulher ganha menos 20% executando as mesmas tarefas e, se for preta, ganha 40% a menos.”

Assessoria de Imprensa

+ Notícias

A transformação da economia será gigante, afirmou Tebet em plenária de discussão das Rotas de Integração Sul-Americana

A transformação da economia será gigante, afirmou Tebet em plenária de discussão das Rotas de Integração Sul-Americana

A comitiva do governo federal realizou ainda uma visita técnica ao porto de Tabatinga no Amazonas O Acre, um dos Estados mais isolados do país…

leia mais
Fronteiras são sinônimo de solução, diz Tebet, em plenária sobre as rotas de integração

Fronteiras são sinônimo de solução, diz Tebet, em plenária sobre as rotas de integração

Em evento em Boa Vista, MPO debate projeto das rotas Sul-Americanas com autoridades e empresários de Roraima O Ministério do Planejamento e Orçamento deu sequência,…

leia mais
Ministério do Planejamento e Orçamento e Governo Francês assinam Memorando de Entendimento

Ministério do Planejamento e Orçamento e Governo Francês assinam Memorando de Entendimento

Assinatura do documento ocorreu nesta quinta (28/3), em Brasília, e prevê o desenvolvimento de atividades relacionadas aos temas de financiamento externo, gênero e sustentabilidade Durante…

leia mais
Simone Tebet

Quem é Simone Tebet