Não há chance de o Congresso derrubar a desoneração’, diz Simone Tebet | Simone Tebet
Simone Tebet Simone Tebet

A nova esperança
do Brasil

Não há chance de o Congresso derrubar a desoneração’, diz Simone Tebet

Presidente da Comissão de Constituição e Justiça do Senado contesta alegação do governo de que prorrogação é inconstitucional

Geralda Doca

BRASÍLIA – A presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado, Simone Tebet (MDB-MS), contesta os argumentos do governo de que a prorrogação da desoneração da folha de 17 setores que são grandes empregadores é inconstitucional e foi vedada pela reforma da Previdência.

Um parecer da Mesa Diretora da Câmara dos Deputados divulgado na quarta-feira afirma que a prorrogação da desoneração é constitucional.

MP 936:  Setores preveem perda de até 1 milhão de empregos com veto à desoneração da folha

Além disso, segundo a Mesa Diretora, a medida não está em desacordo com a reforma pois ela apenas impede que novos benefícios sejam criados. Mas o que está em discussão é a prorrogação de medida criada pela regra anterior, portanto, considerada constitucional.

Segundo a senadora, a equipe econômica precisa explicar os motivos do veto. Se a minirreforma tributária incluir a ampliação da desoneração a todos os setores, mas tributar a classe média e os mais humildes para custear essa mudança, ela não passa. Neste cenário, ela disse que o Congresso vai derrubar o veto à desoneração.
A reforma da Previdência impede a prorrogação da desoneração, como afirma o governo?

Não acho que a reforma da Previdência faça algum tipo de restrição à prorrogação dos atuais incentivos. O que fizemos foi ampliar o prazo da desoneração para setores já contemplados e não incluir novos.

Guedes:Governo estuda ‘Imposto de Renda negativo’ para quem ganha até R$ 1 mil

E o argumento de que a medida é inconstitucional e fere a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) por não apontar a fonte de custeio?

Isso não faz sentido porque o Congresso aprovou a PEC do Orçamento de Guerra. Tudo o que for relacionado à crise tem orçamento separado. O Congresso foi cuidadoso e não tornou a desoneração perene, nem ampliou por dois, três, cinco anos, apenas por mais um. A prorrogação da desoneração é fundamental para garantir o emprego e a renda no país.

A equipe econômica não poderia manter o benefício e ao mesmo tempo encaminhar a minirreforma tributária?
Não. Ela perderia a oportunidade de, já em 2021, tributar e elevar a arrecadação. Eles precisavam ganhar tempo para construir a saída para a desoneração.

Nova CPMF:‘Seria um plus’, diz Mourão ao defender criação de imposto sobre transações financeiras
Como fica o impasse?

Não podemos fechar as portas à equipe econômica em nenhum governo. Então vamos receber a proposta de reforma tributária, analisar e dizer o que achamos. Ela tem que ter como princípio básico a justiça tributária.

O governo consegue aprovar a reforma até o fim do ano, quando acaba a desoneração?

A Câmara e o Senado têm visões distintas. Enquanto a Câmara quer aprovar uma reforma de qualquer jeito em 90 dias, um grupo de senadores avalia que o ideal é fazer uma minirreforma, unificando impostos federais, desburocratizando e desonerando. Uma reforma ampla não passa nem em tempos normais.

Veto à desoneração:’É a pior hora do mundo para tributar o emprego’, diz José Pastore

Acredita em acordo?
Temos conversado com o ministro Paulo Guedes e dito a ele que um imposto nos moldes da CPMF não passa. Ele já mudou de ideia e está propondo um imposto sobre transações eletrônicas, que é diferente. Precisamos ver como virá. Se for tributar a classe média e os mais humildes, não passa. Tem que ser proposta razoável e equilibrada e que pegue quem tem patrimônio e não é tributado.

Qual é a melhor saída?
A melhor saída é a equipe ser transparente, explicar a verdadeira razão do veto e qual é o seu objetivo. O ministro Paulo Guedes já vem conversando com as presidências da Câmara e do Senado, está dialogando, tanto que esse veto não vai entrar na próxima sessão do Congresso.

MP 936:Entidades empresariais entregam carta a Alcolumbre e pedem derrubada de veto à desoneração da folha
E se não for possível aprovar a reforma neste ano?

Se não for possível aprovar a minirreforma neste ano, o veto à desoneração será derrubado pelo Congresso. Não há a menor chance de o Congresso acabar com a desoneração.

O Globo

Compartilhe
TAGS

+ Notícias

A transformação da economia será gigante, afirmou Tebet em plenária de discussão das Rotas de Integração Sul-Americana

A transformação da economia será gigante, afirmou Tebet em plenária de discussão das Rotas de Integração Sul-Americana

A comitiva do governo federal realizou ainda uma visita técnica ao porto de Tabatinga no Amazonas O Acre, um dos Estados mais isolados do país…

leia mais
Fronteiras são sinônimo de solução, diz Tebet, em plenária sobre as rotas de integração

Fronteiras são sinônimo de solução, diz Tebet, em plenária sobre as rotas de integração

Em evento em Boa Vista, MPO debate projeto das rotas Sul-Americanas com autoridades e empresários de Roraima O Ministério do Planejamento e Orçamento deu sequência,…

leia mais
Ministério do Planejamento e Orçamento e Governo Francês assinam Memorando de Entendimento

Ministério do Planejamento e Orçamento e Governo Francês assinam Memorando de Entendimento

Assinatura do documento ocorreu nesta quinta (28/3), em Brasília, e prevê o desenvolvimento de atividades relacionadas aos temas de financiamento externo, gênero e sustentabilidade Durante…

leia mais
Simone Tebet

Quem é Simone Tebet