Para Simone Tebet, “O Brasil só será plural quando tiver igualdade de oportunidades para todos” | Simone Tebet
Simone Tebet Simone Tebet

A nova esperança
do Brasil

Para Simone Tebet, “O Brasil só será plural quando tiver igualdade de oportunidades para todos”

Na Universidade Zumbi dos Palmares, Simone falou de políticas afirmativas e propostas de governo

A candidata Simone Tebet esteve na tarde desta sexta-feira (23/9) na Universidade Zumbi dos Palmares, localizada no bairro do Bom Retiro, região central da capital paulista. Na instituição, Simone foi recebida pelo reitor da Universidade, José Vicente; pela coordenadora de Igualdade Racial da prefeitura de São Paulo, Elisa Lucas Rodrigues; Aline Torres, secretária de cultura do município de São Paulo; e por alunos e docentes da instituição.

Na ocasião, Tebet foi questionada sobre políticas afirmativas e propostas de governo. “A gente só vai ter um país verdadeiramente plural quando for possível garantir igualdade de oportunidades para todos. Esse é um dos propósitos da nossa candidatura – minha e da Mara Gabrilli, e um dos eixos da nossa campanha é um governo inclusivo, um governo para todos”, afirmou Simone.

“O Brasil precisa reconhecer que seu povo é majoritariamente negro, e assumir que o racismo no Brasil é estrutural e que a gente só acaba com o racismo, modificando a cultura de um povo, e isso acontece dentro da sala de aula. Portanto, as cotas afirmativas vieram para ficar e serem aperfeiçoadas nas escolas, nas universidades, nos cargos públicos”, afirmou Tebet.

Sem fins lucrativos, a Universidade Zumbi dos Palmares tem como missão a inclusão da pessoa negra e/ou de baixa renda no Ensino Superior, viabilizando a integração de negros e não negros em ambiente favorável à discussão da diversidade social, no contexto da realidade nacional e internacional.

“Ao longo de sua trajetória, Simone Tebet já atuava na agenda da diversidade e da inclusão. Foi relatora da emenda constitucional que determinou que os partidos politicos que tivessem candidaturas negras, teriam acesso a verba eleitoral dobrada. E deu certo. Nessas eleições, a maioria dos candidatos são homens e mulheres auto declarados negros”, disse José Vicente.

A Zumbi é um espaço aberto para discussões dos mais variados temas que levam os alunos a uma reflexão profunda sobre questões como ambiente de negócios, sustentabilidade, mudanças climáticas, direito, segurança pública e privada, mercado de trabalho, cinema, livros, dança, teatro, transversalizados pelas questões inerentes à etnia e raça. Entre as pessoas que visitaram a Universidade Zumbi dos Palmares estão importantes líderes nacionais e internacionais como Mac Maharaj, ex-ministro de Nelson Mandela, ex-presidente da África do Sul, Hillary Clinton, ex-senadora dos Estados Unidos, Jorge Carlos Fonseca, ex-presidente de Cabo Verde, Marco Aurélio Mello, ex-ministro e ex-presidente do Supremo Tribunal Federal, Alpha Condé, ex-presidente da Guiné.

Estavam presentes José Vicente, reitor da Universidade Zumbi dos Palmares;
Cleide Aparecida Vitorino, professora da Universidade Zumbi dos Palmares, Héctor Batista, representante dos alunos do curso de Direito da Universidade Zumbi dos Palmares, Egbomy Conceição, Diva Gonçalves Zito, vice-presidente do Aristocrata Clube e Kaxitu Ricardo Campos, presidente da Federação Nacional das Escolas de Samba.

Coletiva de Imprensa

Quando questionada sobre a violência contra os jovens negros nos estados brasileiros, a canditada disse que a polícia tem que ser preventiva e não letal. “É óbvio que em alguns casos é preciso usar a força, mas sempre dentro dos limites da lei. Polícia não foi feita para matar. Então, diante disso, por mais que a responsabilidade com segurança pública seja dos Estados, nós estamos recriando o Ministério Nacional da Segurança Pública, que terá como responsabilidade fazer um amplo debate, entendendo que segurança pública não é um problema estadual, e sim, uma importante pauta nacional.

Assessoria de Imprensa

+ Notícias

Cidades gaúchas já estão recebendo recursos emergenciais, diz Tebet

Cidades gaúchas já estão recebendo recursos emergenciais, diz Tebet

Ministra do Planejamento e Orçamento detalhou medidas do governo federal de apoio ao Rio Grande do Sul em entrevista; acesso à ajuda ocorre de maneira…

leia mais
Ministério do Planejamento e Orçamento discute projeto Rotas de Integração Sul-americana com entidades sindicais em São Paulo

Ministério do Planejamento e Orçamento discute projeto Rotas de Integração Sul-americana com entidades sindicais em São Paulo

Iniciativa foi apresentado pela ministra Simone Tebet e pelo secretário de articulação institucional, João Villaverde, em evento com representantes da Força Sindical e de setores…

leia mais
MS recebe mais de US$ 21,2 milhões do Focem para projetos de infraestrutura urbana e saneamento básico

MS recebe mais de US$ 21,2 milhões do Focem para projetos de infraestrutura urbana e saneamento básico

Projetos de infraestrutura urbana e saneamento básico de três municípios de Mato Grosso do Sul foram aprovados pela Cofiex (Comissão de Financiamentos Externos), presidida pelo…

leia mais
Simone Tebet

Quem é Simone Tebet