Senado aprova homenagem a vítimas da Covid-19

O Senado aprovou o projeto que institui o dia 12 de março como o Dia Nacional em Homenagem às Vítimas de Covid-19 (PL 3.819/2021). A data registrou a primeira morte pela doença no Brasil. O texto foi relatado pela senadora Simone Tebet (MDB-MS). A proposta foi  apresentada pela CPI da Pandemia e tramitou em conjunto com o texto dos senadores Rogério Carvalho (PT-SE) e Humberto Costa (PT-PE).

A senadora Simone disse que a data representa um dia nacional para homenagear os que partiram, mas também às vítimas que ficaram com sequelas, os parentes, as pessoas que sofreram os impactos econômicos da pandemia e os profissionais que atuaram na linha de frente do combate à doença.

“É também o dia de falarmos e homenagearmos os verdadeiros heróis desse processo, que não fomos nós, não foi o Governo Federal, foram os profissionais de jaleco: médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, servidores administrativos”.

Em seu relatório, ela fez referência aos senadores que faleceram devido à doença, Major Olímpio, Arolde de Oliveira e José Maranhão.

“Cada um dos números representa uma história repleta de emoções, de paixões, alegrias e dores. São também vítimas da covid-19 os sequelados de todos os níveis, que tiveram suas vidas alteradas pela contaminação, brasileiros que perderam a capacidade de locomoção e de trabalho e que, hoje, muitos deles, mesmo vivendo apenas sobrevivem”, disse. A senadora ainda fez referência às vítimas dos impactos da pandemia, que perderam seu trabalho e aos que ainda hoje sofrem com a miséria e a fome.

Para ela, a data ainda será importante para marcar a discussão de políticas públicas de saúde e assistência social às vítimas da pandemia.

Tags