Simone caminha em Belo Horizonte, defende Serra do Curral e fala sobre o bom desempenho nas pesquisas: ‘Obsessão por empregos’ | Simone Tebet
Simone Tebet Simone Tebet

A nova esperança
do Brasil

Simone caminha em Belo Horizonte, defende Serra do Curral e fala sobre o bom desempenho nas pesquisas: ‘Obsessão por empregos’

A segunda agenda pública de hoje, segunda-feira (5/9), da candidata Simone Tebet ocorreu em Belo Horizonte, Minas Gerais. À tarde, após desembarcar no Aeroporto Internacional de Confins – Tancredo Neves, Simone seguiu para o Centro, onde participou de uma caminhada na Praça Sete de Setembro, a popular e tradicional Praça Sete, marco histórico da capital mineira. “Hoje, no Dia da Amazônia, data simbólica para o meio ambiente, fiz questão de estar aqui, na cidade que abriga a Serra do Curral. Este é o momento de unirmos o Brasil em torno da pauta ambiental. Não é desenvolvimento ou meio ambiente. É desenvolvimento e meio ambiente sustentável”, disse.

Especificamente sobre a questão da exploração de minério na Serra do Curral, cartão-postal da capital mineira, Simone falou: “Nós estamos aqui, nas terras das minas, Minas Gerais. Somos dependentes dessa riqueza para gerar emprego e renda, mas a mineração tem que ser praticada com responsabilidade. A Serra do Curral é um patrimônio histórico e ambiental. Tem de ser preservada. Sem meio ambiente não há vida. Defendo a preservação da Serra do Curral, sem deixar de lado, obviamente, a mineração como fonte de desenvolvimento de Minas Gerais, com geração de emprego e renda, assim como as produções das cadeias leiteira, agrícola e pecuária.”

Ao ser perguntada por um jornalista sobre como reduzir as queimadas que voltam a afligir várias regiões do país, Simone disse: “É desmatamento ilegal zero. Temos de devolver o poder aos órgãos de fiscalização e controle de biomas como a Amazônia para proteger este patrimônio da humanidade. Se nós fizermos o dever de casa, mantendo a floresta em pé, é possível dar dignidade para os 28 milhões de pessoas que moram na Amazônia. A União tem de garantir instrumentos para que essas pessoas produzam com responsabilidade em atividades ligadas à agricultura familiar, plantio de cacau e açaí, extrativismo, pesca e pecuária intensiva.”

Ao lado de Simone, além de simpatizantes, estavam Newton Cardoso Jr., deputado federal (MDB-MG), Tadeu Martins Leite, deputado estadual (MDB-MG), Arcanjo Pimenta, presidente do MDB Afro, Aparecida Moura, presidente do Núcleo MDB-MG Mulher, e Gabriel Azevedo, vereador de Belo Horizonte (sem partido).

COMO SE FIRMAR COMO TERCEIRA VIA? “UNINDO O BRASIL”

Depois da caminhada pela Praça Sete, Simone fez questão de ir até a Praça Governador Israel Pinheiro, conhecida como Praça do Papa, no bairro das Mangabeiras. Lá, aos pés da Serra do Curral, a candidata atendeu mais uma vez aos jornalistas. Questionada sobre como se firmar como terceira via, já que é a candidata que mais cresce nas pesquisas, Simone afirmou: “Primeiro temos de acabar com a polarização, pacificar o Brasil, unindo a sociedade para que possamos voltar a crescer. Sem união, sem paz, não teremos emprego. A obsessão que o país tem que ter é com emprego. Emprego, emprego, emprego e renda”, disse.

Ainda a respeito do crescimento de sua candidatura nas pesquisas, Simone afirmou que as pessoas estão entendendo a relevância de suas propostas para o momento atual do Brasil: “De um lado, temos de garantir pão a quem tem fome, transferir renda permanente, assegurar que nossas crianças estejam na escola e qualificar nossos trabalhadores para que eles possam ingressar ou retornar ao mercado de trabalho. Do outro, teremos um forte projeto nacional, onde a educação será prioridade nacional pela primeira vez na história. Como professora, assumo esse compromisso como um juramento. É um juramento de professor: lugar de criança e jovens é na escola; e não vou sossegar enquanto a escola do pobre não tiver a mesma qualidade que há na escola do rico. É isso que salva, é isso que garante o futuro.”

Para completar, Simone defendou uma grande agenda de desenvolvimento. “Parcerias público-privadas para rasgar o Brasil de norte a sul, leste a oeste, com obras de infraestrutura. Isso é desenvolvimento sustentável. Por isso fiz questão de estar aqui, no Dia da Amazônia, no pé da Serra do Curral, fazendo um compromisso, não só com Belo Horizonte e com Minas Gerais, mas com o Brasil”, disse.

MULHERES TERÃO AMPARO PARA FISCALIZAR E PUNIR VIOLÊNCIA

Simone também foi perguntada sobre o papel da mulher na sociedade, um dos temas de destaque em seu Programa de Governo. “O papel e o espaço da mulher é onde ela quiser. Ao lado dos homens. Não na frente e não atrás. Ao lado dos homens, sendo respeitada na sua integridade. Nenhuma mulher vai ficar sem um amplo amparo que controle e ofereça fiscalização e punição. E não só em relação à sua integridade física. Quando eu falo da desigualdade, estou falando da vergonha de termos homens e mulheres exercendo as mesmas atividades, com o mesmo currículo, com a mesma capacidade, mas com a mulher ganhando até 20% menos. Se for negra, ela chega a ganhar 40% menos. Isso é inadmissível!”, finalizou.

Assessoria de Imprensa

+ Notícias

Ministra Simone Tebet e ministro Franklin Ortiz, da Bolívia se reúnem em Brasília para discutir integração

Ministra Simone Tebet e ministro Franklin Ortiz, da Bolívia se reúnem em Brasília para discutir integração

Na pauta também o projeto que busca aumentar a produção de fertilizantes nos dois países A ministra do Planejamento e Orçamento, Simone Tebet, e o…

leia mais
Ministra Simone Tebet reúne-se com IBGE no Rio de Janeiro

Ministra Simone Tebet reúne-se com IBGE no Rio de Janeiro

A Ministra do Planejamento e Orçamento (MPO), Simone Tebet, reuniu-se nesta segunda-feira, 29, com a diretoria do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), na…

leia mais
Governador e ministra discutem avanços da concretização da Rota Bioceânica

Governador e ministra discutem avanços da concretização da Rota Bioceânica

O governador Eduardo Riedel recebeu a ministra Simone Tebet (Planejamento e Orçamento) para discutir os avanços da concretização da Rota Bioceânica, que tem seu início…

leia mais
Simone Tebet

Quem é Simone Tebet