Simone endossa carta com cobrança do despacho gratuito de bagagem em voos | Simone Tebet
Simone Tebet Simone Tebet

A nova esperança
do Brasil

Simone endossa carta com cobrança do despacho gratuito de bagagem em voos

A senadora cobrou do Executivo sanção integral da MP que abriu 100% do capital estrangeiro para as aéreas, com bagagens gratuitas

A senadora Simone Tebet (MDB-MS) foi à tribuna do Plenário, nesta terça-feira (04), para cobrar do Executivo a sanção integral da MPV 863/2018  que abriu 100% do capital estrangeiro para as companhias  aéreas, com a emenda que prevê o retorno das bagagens gratuitas até 23 kg nos voos domésticos.

Ela leu carta encaminhada ao presidente da República, Jair Bolsonaro, por diversas entidades de defesa do consumidor favoráveis à sanção, sem vetos, da medida provisória.

“Esta carta simplesmente faz um apelo ao Senhor Presidente: que aprove integralmente, sem veto, a MP nº 863, que abriu 100% do capital estrangeiro para as companhias aéreas, através de uma emenda nossa – minha, do Eduardo Braga, com o apoio de todos os Senadores e Deputados Federais – à franquia das bagagens, ou seja, à gratuidade do despacho das bagagens, ”, afirmou.

Na carta, as entidades questionam se o presidente da República está ao lado dos consumidores ou das companhias aéreas, e denunciam o aumento do preço das passagens e do próprio valor do despacho depois que acabou a gratuidade.

“Duas das três maiores companhias, aumentaram nesses dois anos, respectivamente, em 67% e 37% o preço para o despacho da bagagem, quando, na realidade, despachar a bagagem a preços módicos de R$40 era justamente o argumento que eles deram para baixar o preço das passagens”, ressaltou.

“A cobrança da mala despachada cria uma falsa expectativa de melhora na prestação de serviços — ao contrário, piorou — e na diminuição dos preços dos bilhetes aéreos. A alegação de que se deve aguardar o prazo de cinco anos para analisar o impacto e daí se verificar se deve ou não garantir a gratuidade das bagagens não se sustenta de forma alguma”, acrescentou.

Tebet aproveitou para cobrar dos órgãos reguladores, o reconhecimento e a proteção de que, realmente, é vulnerável.  “O mais fraco nessa relação, o vulnerável, somos todos nós, é o consumidor brasileiro”, e buscou o compromisso para o compromisso do Executivo, com a medida: Essa será a chancela – nada mais vai ser do que um atestado – de que o Presidente da República está neste momento interessado e defendendo os interesses da sociedade brasileira.”

Aqui a íntegra do pronunciamento https://www25.senado.leg.br/web/atividade/notas-taquigraficas/-/notas/s/23676#quarto24

Compartilhe
TAGS

+ Notícias

A transformação da economia será gigante, afirmou Tebet em plenária de discussão das Rotas de Integração Sul-Americana

A transformação da economia será gigante, afirmou Tebet em plenária de discussão das Rotas de Integração Sul-Americana

A comitiva do governo federal realizou ainda uma visita técnica ao porto de Tabatinga no Amazonas O Acre, um dos Estados mais isolados do país…

leia mais
Fronteiras são sinônimo de solução, diz Tebet, em plenária sobre as rotas de integração

Fronteiras são sinônimo de solução, diz Tebet, em plenária sobre as rotas de integração

Em evento em Boa Vista, MPO debate projeto das rotas Sul-Americanas com autoridades e empresários de Roraima O Ministério do Planejamento e Orçamento deu sequência,…

leia mais
Ministério do Planejamento e Orçamento e Governo Francês assinam Memorando de Entendimento

Ministério do Planejamento e Orçamento e Governo Francês assinam Memorando de Entendimento

Assinatura do documento ocorreu nesta quinta (28/3), em Brasília, e prevê o desenvolvimento de atividades relacionadas aos temas de financiamento externo, gênero e sustentabilidade Durante…

leia mais
Simone Tebet

Quem é Simone Tebet