Simone Tebet anuncia os integrantes do secretariado | Simone Tebet
Simone Tebet Simone Tebet

A nova esperança
do Brasil

Simone Tebet anuncia os integrantes do secretariado

Contando a ministra, o corpo decisório da Pasta será de equidade: três mulheres e três homens

A ministra do Planejamento e Orçamento, Simone Tebet, anunciou nesta quarta-feira (11/1), os integrantes de seu secretariado. A ministra destacou que o corpo decisório da Pasta é de equidade: contando ela, são três mulheres e três homens. Ela também informou que está em conversações para assegurar a diversidade étnica nas diretorias e em outros cargos de liderança no ministério.

Na abertura do anúncio dos secretários, evento que reuniu a imprensa na sede do Ministério no começo da tarde desta quarta-feira, Simone Tebet enfatizou que a atuação da pasta terá como premissas fundamentais “a democracia e a cidadania”, salientando seu compromisso com as prioridades nos orçamentos e a atenção à diversidade.

Ele pontuou que o equilíbrio das contas públicas será assegurado com o trabalho em estreita sintonia como o Ministério da Fazenda: “nossa prioridade será gastar bem o pouco que se tem”.

A ministra também usou de uma figura de linguagem para caracterizar a equipe formada, a de uma orquestra. No caso, ela e o secretariado funcionarão como regentes de “uma partitura maior, que é aquela que está com o presidente Lula”.

Simone Tebet enfatizou que as análises técnicas estarão sempre em primeiro plano no trabalho da equipe e agradeceu a parceria dos ministros Fernando Haddad (Fazenda) e Esther Dweck (Gestão e Inovação), além dos presidentes do Senado, Rodrigo Pacheco, e da Câmara dos Deputados, Arthur Lira, pelo apoio na montagem do secretariado.

Secretários

A Secretaria Executiva será chefiada por Gustavo Guimarães, economista especializado em Estatística, com doutorado e mestrado em Economia. Servidor de carreira do Banco Central, Gustavo foi secretário parlamentar no Senado, secretário de Avaliação, Planejamento, Energia e Loteria e ex-secretário especial adjunto no Ministério da Fazenda.

Cientista política com mestrado, doutorado e pós-doutorado, Leany Lemos será a secretária de Planejamento. Leany foi secretária do Planejamento, Orçamento e Gestão nos governos de Rodrigo Rollemberg (DF) e Eduardo Leite (RS). Presidiu o Banco de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) e é servidora de carreira do Senado.

Paulo Roberto Bijos, consultor de orçamento e doutorando em Ciências Políticas, será o secretário do Orçamento Federal. Ele já trabalhou como analista de Planejamento e Orçamento na secretaria da qual agora é titular. Foi também auditor federal de controle externo do Tribunal de Contas da União (TCU) e conselheiro substituto no Tribunal de Contas do Estado de São Paulo.

A Secretaria de Assuntos Econômicos, Desenvolvimento, Financiamento Externo e Integração Nacional ficará sob responsabilidade de Renata Amaral, professora de comércio internacional na Faculdade de Direito da American University Washington College of Law, em Washington, nos Estados Unidos, cargo que deixou para se dedicar a suas funções no ministério.

Economista e professor do Instituto de Ensino e Pesquisa (Insper), em São Paulo, Sérgio Firpo assume a Secretaria de Monitoramento e Avaliação para o Aperfeiçoamento de Políticas Públicas. Firpo tem mestrados em Economia e em Estatística e doutorado em Economia.

+ Notícias

Cidades gaúchas já estão recebendo recursos emergenciais, diz Tebet

Cidades gaúchas já estão recebendo recursos emergenciais, diz Tebet

Ministra do Planejamento e Orçamento detalhou medidas do governo federal de apoio ao Rio Grande do Sul em entrevista; acesso à ajuda ocorre de maneira…

leia mais
Ministério do Planejamento e Orçamento discute projeto Rotas de Integração Sul-americana com entidades sindicais em São Paulo

Ministério do Planejamento e Orçamento discute projeto Rotas de Integração Sul-americana com entidades sindicais em São Paulo

Iniciativa foi apresentado pela ministra Simone Tebet e pelo secretário de articulação institucional, João Villaverde, em evento com representantes da Força Sindical e de setores…

leia mais
MS recebe mais de US$ 21,2 milhões do Focem para projetos de infraestrutura urbana e saneamento básico

MS recebe mais de US$ 21,2 milhões do Focem para projetos de infraestrutura urbana e saneamento básico

Projetos de infraestrutura urbana e saneamento básico de três municípios de Mato Grosso do Sul foram aprovados pela Cofiex (Comissão de Financiamentos Externos), presidida pelo…

leia mais
Simone Tebet

Quem é Simone Tebet