Simone Tebet defende revogação imediata da MP que altera Marco Civil da Internet | Simone Tebet
Simone Tebet Simone Tebet

A nova esperança
do Brasil

Simone Tebet defende revogação imediata da MP que altera Marco Civil da Internet

A senadora Simone Tebet (MDB-MS) criticou a MP 1.068/21, que altera o Marco Civil da Internet e dificulta a moderação de conteúdo pelo Facebook, Twitter, YouTube, Google, entre outras plataformas. O texto foi editado na segunda-feira (6).
Para Simone, esta MP impede as plataformas de retirarem “abusos” do ar. Ela explicou que, como Medidas Provisórias têm eficácia imediata, “neste momento, qualquer um pode ir à internet e cometer crimes contra a honra de quem quer que seja. E os provedores não poderão fazer nada”, alertou. Enquanto a MP estiver em vigor, a internet estará aberta para campanhas de ódio e desinformação com temas que podem ir dos ataques à democracia à desinformação sobre covid, vacinação e tratamento precoce, por exemplo. 

Para a senadora sul-mato-grossense, a MP estimula a disseminação de Fake News. “Não acho que o (Rodrigo) Pacheco tenha que devolver a MP. É o presidente (Bolsonaro) que hoje, num gesto prático, concreto de que aquela carta é pra valer, e ele concorda em dar uma trégua ao País, tem que tornar sem efeito a MP”, disse referindo-se à “declaração à nação”, carta divulgada ontem por Bolsonaro, na qual ele afirmou ter respeito pelas instituições da República, numa tentativa de apaziguar o clima com o STF, após os ataques verbais em 07 de setembro. 

MP 1.068A MP foi publicada na segunda-feira anterior aos atos de 07 de setembro com o objetivo de alterar o Marco Civil da Internet. O texto exige “justa causa e motivação” para o cancelamento ou suspensão de conteúdos e contas. Também prevê direito de restituição do conteúdo, alegando liberdade de expressão.

A edição da MP gerou reação imediata. Partidos políticos ingressaram com Ações Direta de Inconstitucionalidade (ADI) nos Supremo Tribunal Federal questionando a urgência e a relevância da medida e a facilitação de disseminação de notícias falsas, uma vez que o texto proíbe as plataformas de derrubarem perfis que divulguem Fake News.

Ontem, o STF concedeu prazo de 48 horas para que o presidente Jair Bolsonaro, o advogado-geral da União, Bruno Bianco Leal, e o procurador-geral da República, Augusto Aras, se manifestem sobre a publicação da MP.​

+ Notícias

A transformação da economia será gigante, afirmou Tebet em plenária de discussão das Rotas de Integração Sul-Americana

A transformação da economia será gigante, afirmou Tebet em plenária de discussão das Rotas de Integração Sul-Americana

A comitiva do governo federal realizou ainda uma visita técnica ao porto de Tabatinga no Amazonas O Acre, um dos Estados mais isolados do país…

leia mais
Fronteiras são sinônimo de solução, diz Tebet, em plenária sobre as rotas de integração

Fronteiras são sinônimo de solução, diz Tebet, em plenária sobre as rotas de integração

Em evento em Boa Vista, MPO debate projeto das rotas Sul-Americanas com autoridades e empresários de Roraima O Ministério do Planejamento e Orçamento deu sequência,…

leia mais
Ministério do Planejamento e Orçamento e Governo Francês assinam Memorando de Entendimento

Ministério do Planejamento e Orçamento e Governo Francês assinam Memorando de Entendimento

Assinatura do documento ocorreu nesta quinta (28/3), em Brasília, e prevê o desenvolvimento de atividades relacionadas aos temas de financiamento externo, gênero e sustentabilidade Durante…

leia mais
Simone Tebet

Quem é Simone Tebet