Simone Tebet diz a empresários paulistas que “sem paz não haverá desenvolvimento”

A senadora Simone Tebet participou no início da tarde de hoje, sexta-feira, 06/05, de um encontro com líderes empresariais no Alma Premium, uma plataforma de networking corporativo, em São Paulo. No evento, a parlamentar ressaltou a importância dos valores democráticos, alertando que o país passa por um período entre os mais delicados de sua história recente. “O Brasil nunca viveu um momento tão sensível desde a redemocratização”, disse a parlamentar, observando que a democracia está sendo colocada em xeque de forma permanente por ações como o questionamento antecipado dos resultados das urnas. “Além da crise econômica e social, temos de conviver com crises institucional e política artificiais.”

Simone comparou o país a um grande transatlântico, mas que, “sem timoneiro”, atravessa uma tormenta e executa desvios à esquerda e à direita, sem conseguir, assim, tomar o rumo do desenvolvimento econômico e social. “O Brasil depende de um esforço coletivo que exige paz, diálogo, moderação, equilíbrio e bom senso”, alertou. “Diante da polarização ideológica, o Brasil não fará o que precisa ser feito, ou seja, não voltará a crescer.” A candidata do MDB à Presidência da República ressaltou o papel crucial que a iniciativa privada tem na recuperação da economia nacional. Citou ainda a importância das reformas administrativa e tributária para o funcionamento adequado da economia nacional. “O Brasil não vai crescer pelas mãos do Estado”, mencionou. “Quem emprega é o agronegócio, a indústria e o setor de serviços.” À plateia, a senadora falou também da necessidade de recuperação do parque industrial brasileiro. Por fim, acrescentou: “O Brasil só será de todos nós, quando erradicarmos a miséria e diminuirmos a desigualdade social”.

O evento do Alma, organizado pelo jornalista, apresentador e publicitário Beetto Saad, prestou uma homenagem ao ex-presidente Michel Temer. O líder do MDB também frisou que a “pacificação” é essencial para o desenvolvimento do país. “O brasileiro deseja tranquilidade”, disse Temer. Ainda que a democracia envolva – e até pressuponha – a divergência de ideias, observou o ex-presidente, isso nunca pode acontecer com “agressão verbal”, ou mesmo, “física”. “Essa tem sido justamente a pauta da senadora Simone Tebet”, destacou.

Assessoria de Imprensa
Pré-Campanha Senadora Simone Tebet

Tags