Simone Tebet lamenta a omissão do governo federal em projetos sociais como o “Redes da Maré”, no Rio de Janeiro | Simone Tebet
Simone Tebet Simone Tebet

A nova esperança
do Brasil

Simone Tebet lamenta a omissão do governo federal em projetos sociais como o “Redes da Maré”, no Rio de Janeiro

A pré-candidata ao Planalto pelo MDB afirmou ainda que quer levar esse tipo de iniciativa a outras regiões do país

Simone Tebet, pré-candidata do MDB à Presidência da República, visitou na tarde de hoje, sexta-feira, 04/03, o projeto social Redes da Maré, na zona norte do Rio. Impressionada com a amplitude e o impacto da iniciativa, a senadora afirmou que quer replicar esse tipo de experiência pelo Brasil. “O projeto social Redes da Maré foi criado pela sociedade, pelos moradores do bairro, e hoje é coordenado por mulheres”, disse. “Ele atente a comunidade como um todo. Vai da criança, passa tanto por mulheres como por trabalhadores, e alcança os idosos também. É incrível, mas lhe falta um braço: o do governo federal.”

Na avaliação de Simone, o governo omite-se, mas precisa participar desse tipo de ação, principalmente ao ampliar o número de vagas para crianças em creches e escolas, além de fomentar ativamente políticas públicas. Na Maré, a pré-candidata e a economista Elena Landau, coordenadora da área econômica do Programa de Governo da emedebista, foram recebidas pela coordenadora da Redes da Maré, a educadora Eliana Sousa Silva. Em conversas com líderes da entidade, a senadora ouviu críticas relacionadas à ausência do Estado, o que resulta em um amplo leque de problemas como a falta de acesso à saúde. Outras queixas tiveram como alvo a violência de operações polícias, que não permitem que as crianças e adolescentes compareçam às aulas.

A Redes da Maré define-se como uma organização social que produz conhecimento, projetos e ações para garantir políticas públicas eficazes para melhorar a vida das 140 mil pessoas que vivem nas 16 favelas da Maré. A entidade atua a partir de quatro eixos classificados como “estruturantes”: 1) arte, cultura, memórias e identidades; 2) desenvolvimento territorial; 3) direito à segurança pública e acesso à justiça; e 4) educação.

+ Notícias

Cidades gaúchas já estão recebendo recursos emergenciais, diz Tebet

Cidades gaúchas já estão recebendo recursos emergenciais, diz Tebet

Ministra do Planejamento e Orçamento detalhou medidas do governo federal de apoio ao Rio Grande do Sul em entrevista; acesso à ajuda ocorre de maneira…

leia mais
Ministério do Planejamento e Orçamento discute projeto Rotas de Integração Sul-americana com entidades sindicais em São Paulo

Ministério do Planejamento e Orçamento discute projeto Rotas de Integração Sul-americana com entidades sindicais em São Paulo

Iniciativa foi apresentado pela ministra Simone Tebet e pelo secretário de articulação institucional, João Villaverde, em evento com representantes da Força Sindical e de setores…

leia mais
MS recebe mais de US$ 21,2 milhões do Focem para projetos de infraestrutura urbana e saneamento básico

MS recebe mais de US$ 21,2 milhões do Focem para projetos de infraestrutura urbana e saneamento básico

Projetos de infraestrutura urbana e saneamento básico de três municípios de Mato Grosso do Sul foram aprovados pela Cofiex (Comissão de Financiamentos Externos), presidida pelo…

leia mais
Simone Tebet

Quem é Simone Tebet