Simone Tebet participa de evento com cerca de 400 pessoas, organizado por Fabio Barbosa, Marisa Moreira Salles, Teresa Bracher, Tomas Alvim e Elena Landau | Simone Tebet
Simone Tebet Simone Tebet

A nova esperança
do Brasil

Simone Tebet participa de evento com cerca de 400 pessoas, organizado por Fabio Barbosa, Marisa Moreira Salles, Teresa Bracher, Tomas Alvim e Elena Landau

A senadora Simone Tebet apresentou os principais eixos de seu programa de governo na noite de ontem, quinta-feira, 28/04, em São Paulo, para uma plateia que reuniu perto de 400 pessoas, entre lideranças empresariais e indígenas, além de representantes de movimentos sociais. O encontro, que aconteceu na capital paulista, foi organizado pela economista Elena Landau, coordenadora do programa econômico da pré-candidata do MDB, Fabio Barbosa, ex-presidente de instituições como o Santander, o Grupo Abril e o Banco Real, Marisa Moreira Salles, fundadora da BEĨ Editora, Teresa Bracher, do Documenta Pantanal e do Instituto Taquari Vivo, e Tomas Alvim, coordenador do Laboratório Arq.Futuro de Cidades, do Insper.
A pré-candidata do MDB citou as três linhas básicas de atuação que pretende seguir, caso confirmada como candidata ao Planalto. As iniciativas incluem a transferência de renda permanente, com ações sociais que garantam a “porta de saída” dos beneficiários desses programas, além de fortes investimentos em parceria com a iniciativa privada e, por fim, especial foco na educação. “E vamos parar de falar que precisamos de 20 anos para mudar uma geração”, frisou a pré-candidata emedebista. “Isso não é verdade. É possível avançar muito, mas muito mesmo na área educacional em apenas cinco ou seis anos.”
O presidente nacional do MDB, deputado federal Baleia Rossi, também presente no evento, reforçou a necessidade de o país pôr fim à polarização política. “Daí a necessidade de uma candidatura que seja uma alternativa equilibrada e moderada dentro do quadro atual”, disse Rossi. “Se os ‘polos’ forem para o segundo turno nestas eleições”, acrescentou, referindo-se às candidaturas de Lula e Bolsonaro, “é certo que teremos mais quatro anos de brigas, de desunião, de instabilidade institucional e política, o que resultará em falta de tranquilidade para o país voltar a crescer.”
Compareceram ainda à reunião lideranças indígenas do Xingu como Tapi Yawalapiti, Dida Kalapalo, Tafukuma Kalapalo, Lindalva Tikuna e Takuma Kamayurá, além de representantes e acadêmicos ligados a movimentos sociais como Evaniza Rodrigues, assistente social e militante da União dos Movimentos de Moradia, Ester Carro, professora e pesquisadora no Núcleo de Mulheres e Território do Laboratório de Cidades (Arq. Futuro e Insper), e Camila Jordan, diretora do Teto Brasil.

Assessoria de Imprensa

+ Notícias

Ministra Simone Tebet e ministro Franklin Ortiz, da Bolívia se reúnem em Brasília para discutir integração

Ministra Simone Tebet e ministro Franklin Ortiz, da Bolívia se reúnem em Brasília para discutir integração

Na pauta também o projeto que busca aumentar a produção de fertilizantes nos dois países A ministra do Planejamento e Orçamento, Simone Tebet, e o…

leia mais
Ministra Simone Tebet reúne-se com IBGE no Rio de Janeiro

Ministra Simone Tebet reúne-se com IBGE no Rio de Janeiro

A Ministra do Planejamento e Orçamento (MPO), Simone Tebet, reuniu-se nesta segunda-feira, 29, com a diretoria do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), na…

leia mais
Governador e ministra discutem avanços da concretização da Rota Bioceânica

Governador e ministra discutem avanços da concretização da Rota Bioceânica

O governador Eduardo Riedel recebeu a ministra Simone Tebet (Planejamento e Orçamento) para discutir os avanços da concretização da Rota Bioceânica, que tem seu início…

leia mais
Simone Tebet

Quem é Simone Tebet