Simone Tebet quer ouvidoria feminina em todas as estatais | Simone Tebet
Simone Tebet Simone Tebet

A nova esperança
do Brasil

Simone Tebet quer ouvidoria feminina em todas as estatais

A senadora Simone Tebet afirmou que vai propor no Senado Federal a criação de uma ouvidoria feminina – com cargo exercido, portanto, por uma mulher – em todas as estatais brasileiras. O objetivo da medida é estimular denúncias de assédio sexual ou moral nessas empresas. “Se as ouvidorias e o compliance dessas entidades não escutam, fazem corpo mole ou não reconhecem o que é assédio moral ou sexual, com uma mulher ouvindo o que outras mulheres têm a dizer, nós faremos a diferença”, disse a parlamentar.

Simone observou que, em geral, apenas 15% das mulheres que sofrem agressões dessa natureza as denunciam formalmente. “Isso ocorre porque é uma dura escolha”, disse. “Muitas delas têm medo de denunciar esses casos, porque, entre outros motivos, não querem perder o emprego.” A proposta de criação da ouvidoria feminina nas estatais foi resultado das denúncias de assédio sexual na Caixa Econômica Federal que ganharam o noticiário nacional ao longo da última semana.

A afirmação da parlamentar foi feita na manhã de hoje, em Salvador (BA), ao longo da participação da senadora no cortejo da “Festa de 2 de Julho”, data da comemoração da Independência do Brasil na Bahia. A caminhada teve início no Largo da Lapinha. Seguiu em direção à Praça Thomé de Souza e terminou na Praça 2 de Julho, no Campo Grande.

Ao longo de sua caminhada pelas ruas de Salvador, Simone Tebet agradeceu a receptividade com que foi acolhida pelo povo baiano. “Sou a pré-candidata menos conhecida, mas principalmente a menos rejeitada”, observou. “Todos me receberam muito bem e isso significa que tenho condições de crescer nas pesquisas, apresentando uma proposta, trazendo paz e segurança para o país. Sou a pré-candidata a favor da pacificação e da união do Brasil.”

A senadora destacou ainda que a comemoração do “2 de Julho”, na Bahia, tem, este ano, um significado especial, uma vez que o Brasil volta a ter de lutar por valores democráticos, ameaçados pela polarização extrema da política nacional. “Esse cortejo é a caminhada da liberdade, um momento simbólico para o país”, disse a parlamentar. “O próximo passo é garantir oportunidades iguais a todos os brasileiros. Essa é a proposta central da minha pré-candidatura. E não podemos nos conformar com os 33 milhões de brasileiros que estão passando fome.”

Simone Tebet foi convidada pelo Cidadania para percorrer as ruas de Salvador neste 2 de julho, que contou com a participação de militantes e líderes da legenda, como o presidente nacional do partido, Roberto Freire, e o presidente da agremiação na Bahia, Joceval Rodrigues, além de emedebistas, como o presidente do MDB AFRO Nacional, Nestor Neto.

CPI DA EDUCAÇÃO “TEM DE SAIR”

Questionada se a proximidade das eleições pode prejudicar a realização da CPI da Educação, Simone Tebet foi categórica. “Não podemos permitir que isso aconteça. Essa CPI é muito importante. E dois terços dos senadores não vão às urnas, eles têm mais quatro anos de mandato. Ou seja, a maioria não vai disputar eleição”, ressaltou. “E temos de acabar com essa mania de achar que em período de eleição, três ou quatro meses antes, a política tem de parar. Os parlamentares continuam recebendo seu salário e tem de trabalhar. Vou participar dessa CPI independentemente de ser membro. Vou trabalhar porque não aceito, como professora que sou, que o dinheiro sagrado da educação, que está faltando para a merenda, que está faltando para colocar computador em sala de aula, que está faltando para dar qualidade de ensino, especialmente no Fundamental 2 e Ensino Médio, vá para o bolso de quem quer que seja.”

Assessoria de Imprensa

+ Notícias

A transformação da economia será gigante, afirmou Tebet em plenária de discussão das Rotas de Integração Sul-Americana

A transformação da economia será gigante, afirmou Tebet em plenária de discussão das Rotas de Integração Sul-Americana

A comitiva do governo federal realizou ainda uma visita técnica ao porto de Tabatinga no Amazonas O Acre, um dos Estados mais isolados do país…

leia mais
Fronteiras são sinônimo de solução, diz Tebet, em plenária sobre as rotas de integração

Fronteiras são sinônimo de solução, diz Tebet, em plenária sobre as rotas de integração

Em evento em Boa Vista, MPO debate projeto das rotas Sul-Americanas com autoridades e empresários de Roraima O Ministério do Planejamento e Orçamento deu sequência,…

leia mais
Ministério do Planejamento e Orçamento e Governo Francês assinam Memorando de Entendimento

Ministério do Planejamento e Orçamento e Governo Francês assinam Memorando de Entendimento

Assinatura do documento ocorreu nesta quinta (28/3), em Brasília, e prevê o desenvolvimento de atividades relacionadas aos temas de financiamento externo, gênero e sustentabilidade Durante…

leia mais
Simone Tebet

Quem é Simone Tebet