Sob comando de Simone Tebet, CCJ tem alta produtividade | Simone Tebet
Simone Tebet Simone Tebet

A nova esperança
do Brasil

Sob comando de Simone Tebet, CCJ tem alta produtividade

A primeira mulher a presidir a Comissão de Constituição e Justiça do Senado (em 193 anos de história) imprimiu alta produtividade ao colegiado. Sob o comando da senadora Simone Tebet (MDB-MS), a comissão realizou 78 reuniões, 29 audiências públicas e deliberou sobre 580 proposições entre projetos de lei, propostas de emendas à Constituição, projetos de resolução e requerimentos.

“Ao longo deste ano, a CCJ conseguiu se destacar por debater e aprovar temas da mais alta relevância”, disse. Entre os temas que passaram pela CCJ em 2019 estiveram a Reforma da Previdência, a PEC Paralela, a Cessão Onerosa, a prisão após condenação em segunda instância, o pacote anticrime, a transformação do feminicídio em crime imprescritível, entre outros temas nas áreas econômica, social, jurídica e administrativa.

“Este ano não foi um ano fácil para nenhum de nós, não foi um ano fácil para o País, muitos desafios a enfrentar. Esta Casa teve que enfrentar um dos momentos mais difíceis como a aprovação de uma reforma previdenciária que embora dura, necessária”, disse Simone Tebet.

 Primeira mulher

A senadora ainda disse que à frente da CCJ como a primeira mulher a presidir o colegiado, ela tem consciência de que representa todas as mulheres brasileiras. “Eu preciso dizer que não há um ser mais político do que a mulher. Somos a primeira cuidadora, a mãe de todos vocês, consequentemente, a política faz parte da essência da mulher”.

Reconhecimento

A atuação da senadora foi elogiada pelos colegas. O vice-presidente da CCJ, senador Jorginho Mello (PR-SC) disse que a senadora orgulha a todos.

O senador Tasso Jereissati (PSDB-CE) disse que raramente teve o privilégio de conviver com uma presidente tão competente, aplicada e disciplinada. “Se não fossem esses atributos, o seu enorme esforço e, sem perder a firmeza, procurar o diálogo até o último momento para encontrar soluções compatíveis com a proximidade de um consenso sem perder a esperança de uma solução por meio do diálogo”.

O senador Antonio Anastasia (PSDB-MG) disse que o exercício da presidência da CCJ este ano, com a pauta que teve, demonstrou o acerto de escolha de Simone para presidir o colegiado.

O Senador Espiridião Amin (PP-SC) realçou a serenidade e a firmeza da condução do trabalho de Simone na Comissão que é a ‘espinha dorsal’ do Legislativo no Senado. “Firmeza porque a senhora soube interpretar o sentimento da sociedade e o sentimento da maioria dos membros desta comissão sempre que houve, o que é normal na política, o contraditório. E isso aconteceu agora, no mês de dezembro, e Vossa Exa. conseguiu fazer isso com a serenidade de quem sabe que está com a razão”. Emocionado, ele disse que o senador Ramez Tebet está muito orgulhoso pelo desempenho e respeito conquistado por Senadora Simone.

O Senador Major Olímpio (PSL-SP) elogiou a capacidade “inigualável de interação com todos os senadores”.

O senador Marcos do Val (Podemos-ES) disse que a senador a Simone Tebet “como presidente da CCJ, não é orgulho só para as mulheres, é orgulho para todos nós, brasileiros”.

O senador Arolde Oliveira (PSD-RJ) elogiou a serenidade, tranquilidade e competência para conduzir os debates e “principalmente, a capacidade de se portar como uma magistrada fazendo com que a Comissão avance. A opinião de Vossa Exa. não aparece nas decisões do Plenário. Essa, para mim, é a característica mais importante, porque a opinião do presidente distorce a decisão e a senhora consegue se manter na postura de magistrada, fazendo com que as coisas aconteçam aqui na Comissão ”.

O senador Oriovisto Guimarães (Podemos-PR) salientou a honestidade e a coragem da senadora Simone Tebet. “A senhora quando faz um trato, não muda, a senhora cumpre a sua palavra e se a senhora tiver de fazer alguma mudança a senhora conversa antes com todos aqueles com quem fez o trato. Isso é uma característica de liderança que me parece fundamental. Uma liderança que dura, uma liderança que se aplaude. A segunda característica sua é a coragem para respeitar as boas tradições e para mudar o que precisa ser mudado. Enfrentar certos usos e costumes desta Casa exige coragem, exige capacidade de se opor a poderosas forças e o Brasil só vai mudar quando a cabeça das pessoas que fazem as leis for diferente. A senhora tem características fundamentais para exercer o papel de líder: honestidade e coragem. E por fim, a senhora respeita a liberdade na medida em que respeita sempre a opinião da maioria.”

O senador Álvaro Dias (Podemos-PR) disse que vê em Simone Tebet o perfil de quem não se conforma com o erro, de quem se indigna com os desvios éticos e de quando procuram amesquinhar o Senado Federal.

Por fim, o senador Lasier Martins (Podemos-RS) destacou a disciplina, objetividade e espírito democrático de Simone Tebet.

À tarde, em Plenário, o senador José Serra (PSDB-SP) ressaltou que em 193 anos de história, a senadora Simone é a primeira mulher a presidir a CCJ. Ele elogiou a atuação dela à frente do colegiado e relembrou do seu pai, senador Ramez Tebet. “A Senadora Simone Tebet ensinou a todos nós que é possível exercer autoridade sem autoritarismo, sem perder a ternura”.

Compartilhe
TAGS

+ Notícias

Fronteiras são sinônimo de solução, diz Tebet, em plenária sobre as rotas de integração

Fronteiras são sinônimo de solução, diz Tebet, em plenária sobre as rotas de integração

Em evento em Boa Vista, MPO debate projeto das rotas Sul-Americanas com autoridades e empresários de Roraima O Ministério do Planejamento e Orçamento deu sequência,…

leia mais
Ministério do Planejamento e Orçamento e Governo Francês assinam Memorando de Entendimento

Ministério do Planejamento e Orçamento e Governo Francês assinam Memorando de Entendimento

Assinatura do documento ocorreu nesta quinta (28/3), em Brasília, e prevê o desenvolvimento de atividades relacionadas aos temas de financiamento externo, gênero e sustentabilidade Durante…

leia mais
Ministros Simone Tebet e Waldez Goes visitam ponte binacional que ligará Brasil ao Paraguai

Ministros Simone Tebet e Waldez Goes visitam ponte binacional que ligará Brasil ao Paraguai

A ponte é obra fundamental da Rota Bioceânica, que integra o trecho 4 das Rotas de Integração Sul-Americana A equipe do Ministério do Planejamento e…

leia mais
Simone Tebet

Quem é Simone Tebet