"A verdade real é que Dilma cometeu crime continuado de irresponsabilidade fiscal contra o Brasil", diz Simone Tebet | Simone Tebet
Simone Tebet Simone Tebet

A nova esperança
do Brasil

“A verdade real é que Dilma cometeu crime continuado de irresponsabilidade fiscal contra o Brasil”, diz Simone Tebet

 

A senadora Simone Tebet (PMDB-MS) disse que buscou a verdade real ao longo dos quatro meses em que o processo de impeachment foi analisado no Senado. “Procurei a história por trás das versões. Os fatos contextualizados, como aconteceram, e as consequências para a vida dos brasileiros”, disse Simone durante a fase de discussão do objeto da acusação da presidente afastada Dilma Rousseff. “A verdade real é que Dilma cometeu crime continuado de fraude fiscal contra o Brasil. Voto sim na esperança de melhores dias”.

Simone afirmou que a “verdade real” demonstra que houve maquiagem fiscal, contabilidade criativa, operação ilegal com recursos de bancos públicos, descumprimento da meta fiscal e desrespeito ao princípio constitucional da Separação dos Poderes. “Não foram meras irregularidades ou questões contábeis. A verdade real é que julgamos os atos apenas do ano de 2015 porque a Câmara delimitou a Denúncia que englobava também 2013 e 2014, retirando o Petrolão, maior escândalo de corrupção da história do Brasil. O ano é 2015, mas a verdade absoluta é de que estamos diante de um crime continuado de fraude fiscal que começou em anos anteriores e trouxe para o Brasil e para a vida dos brasileiros a maior crise econômica, política e moral de nossa história”, afirmou.

Devia e não pagou
A senadora sul-mato-grossense citou o provérbio popular: “Devo, não nego. Pago quanto puder” para dizer que o Governo Dilma “devia e negou, porque o Banco Central não contabilizou os atrasos, e pagou porque foi descoberto pelo TCU.

Sem respostas de Dilma
A senadora Simone ainda lamentou que a presidente afastada Dilma Rousseff não respondeu aos questionamentos dos senadores. “Infelizmente não respondeu nossas perguntas. Resolveu culpar a todos, inclusive a crise internacional, esquecendo-se de que o Brasil cresceu menos nesses últimos anos do que todos os países da América Latina e Caribe”.

Compartilhe
TAGS

+ Notícias

Cidades gaúchas já estão recebendo recursos emergenciais, diz Tebet

Cidades gaúchas já estão recebendo recursos emergenciais, diz Tebet

Ministra do Planejamento e Orçamento detalhou medidas do governo federal de apoio ao Rio Grande do Sul em entrevista; acesso à ajuda ocorre de maneira…

leia mais
Ministério do Planejamento e Orçamento discute projeto Rotas de Integração Sul-americana com entidades sindicais em São Paulo

Ministério do Planejamento e Orçamento discute projeto Rotas de Integração Sul-americana com entidades sindicais em São Paulo

Iniciativa foi apresentado pela ministra Simone Tebet e pelo secretário de articulação institucional, João Villaverde, em evento com representantes da Força Sindical e de setores…

leia mais
MS recebe mais de US$ 21,2 milhões do Focem para projetos de infraestrutura urbana e saneamento básico

MS recebe mais de US$ 21,2 milhões do Focem para projetos de infraestrutura urbana e saneamento básico

Projetos de infraestrutura urbana e saneamento básico de três municípios de Mato Grosso do Sul foram aprovados pela Cofiex (Comissão de Financiamentos Externos), presidida pelo…

leia mais
Simone Tebet

Quem é Simone Tebet